OFLClipping - Semanário Teleológico

Destaque da semana

Library brings drag queens, kids together for story hour

É preciso ter certas características para ser um bom contador de histórias, tais como: entusiasmo, timing e um talento para o dramático. Artistas, na hora da contação de histórias para crianças, na New York City Library, têm tudo isso e muito mais: são drag queens. Cerca de uma vez por mês, desde o último outono, a Brooklyn Public Library tem apresentado o “Drag Queen Story Hour”, no qual artistas divertem e incentivam os hábitos de leitura para uma audiência composta por jovens e seus pais.

The New York Times – 16.05.2017

Ásia

Book fair opens in Turkey’s Kocaeli

A 9ª Feira do Livro de Kocaeli fora inaugurada no dia 13 de maio. Sendo uma das principais zonas industriais da Turquia, o governador da cidade, Hasan Basri Güzeloglu, ressaltou a importância dos livros no desenvolvimento das civilizações e da própria cidade em oferecer não apenas recursos financeiros, como também, morais.

Hurriyet Daily News – 14.05.2017

Science fiction’s new golden age in China: what it means to the authors, many female, leading the way

A literatura de ficção científica vem ganhando espaço na China, sobretudo na figura da mulher escritora. O gênero, anteriormente visto como pertencente ao sexo masculino, vem se expandindo cada vez mais entre as escritoras chinesas, de forma que as mesmas estão ganhando prêmios, vendo suas obras adaptadas para séries e filmes e sendo indicadas por personalidades como Mark Zuckerberg e Barack Obama.

South China Morning Post – 15.05.2017

África

“Bookabikia”: a creative book-swapping platform

Com o intuito de combater a alta dos preços dos livros no Egito, um grupo de cinco jovens resolveu criar o projeto “Bookabikia”, na esperança de encorajar leitores a doarem seus livros ou trocá-los com outras pessoas. Todo o processo é feito de forma online, e a avaliação que o livro recebe – qualidade, número de páginas e preço de mercado, por exemplo – permite ao leitor trocá-lo por pontos e, posteriormente, por outros livros.

Daily News Egypt – 16.05.2017

América do Norte

American Library Association urges schools not to remove “13 reasons why”

Influenciada pela polêmica causada pela série “13 reasons why”, acusada de estimular e romancear as práticas de suicídio, uma escola no Colorado, Estados Unidos, ordenou que os bibliotecários retirassem temporariamente o livro, que deu origem a série, das estantes. O diretor do setor de liberdade intelectual da American Library Association, James LaRue, não acredita que a medida vá prevenir os eventuais casos de suicídio. Ao contrário, o diretor acha que falar sobre o assunto pode ajudar pessoas que sofrem com esse tipo de pensamento.

Huffpost – 16.05.2017

América Central

Humanities in action: relevance of history in a digitalised world

A publicação da obra “Amiable with big teeth”, do escritor jamaicano Claude McKay, suscitou inúmeras discussões sobre o uso de tecnologias para a pesquisa histórica na Jamaica. O manuscrito estava perdido durante muito tempo, até um estudante da Columbia University encontra-lo na biblioteca da universidade. O achado aponta para o poder das descobertas históricas para uma melhor compreensão do passado, de modo que as tecnologias de informação atuais acabam por oferecer grande contribuição para tornar as pesquisas mais fáceis. Contudo, é importante sempre lembrar que as ferramentas tecnológicas são apenas um complemento para a pesquisa histórica, devendo toda informação encontrada passar por uma análise crítica antes de ser utilizada.

The Gleaner – 07.05.2017

Students get trained in financial literacy

Voluntários da filial do banco Scotiabank viajaram para nove escolas da Jamaica para conscientizar os alunos sobre a importância do conhecimento em finanças. Para Yanique Forbes Patrick, vice-presidente da área de marketing do banco, educar crianças, desde pequenas, sobre como controlar suas finanças contribui enormemente para que elas tenham um bom relacionamento com o dinheiro no futuro. Assim, elas acabam desenvolvendo não apenas seu sucesso pessoa, como também, do país.

The Gleaner – 14.05.2017

América do Sul

El sector editorial le pone números a su crisis

O setor de livros na Argentina atravessa um momento difícil. Segundo estatísticas, registrou-se, no ano passado, uma queda de 15% na produção tanto de títulos quanto de exemplares. Ainda, as vendas das editoras comerciais caíram 12%, mas o valor final soma 25%, considerando as compras realizadas pelos órgãos públicos. Em 2016, o governo argentino não adquiriu nenhuma obra de literatura infanto-juvenil para escolas e bibliotecas.

Clarín – 15.05.2017

Europa

Bibliothek: o que ler quando se está aprendendo alemão?

O escritor Ricardo Domeneck recomenda a leitura de livros infantis e infanto-juvenis para aqueles que já tenham um conhecimento básico da gramática alemã e desejam aperfeiçoar seu aprendizado. Não apenas a leitura é mais fácil para quem está começando, como também os livros infanto-juvenis são cheio de significados, à exemplo de “O pequeno príncipe”.

DW Brasil – 16.05.2017

From The Da Vinci Code to Fifty shades: the books no one wants any more

A Oxfam, entidade de interesse social que atua em mais de 100 países, tem pedido para as pessoas pararem de doar exemplares de “O código Da Vinci”, alegando que já possuem muitas cópias desses títulos. Gavin Haynes, colunista do The Guardian, aproveitou para mencionar outras obras que as pessoas ou não querem ou não estão lendo mais com tanta frequência. Entre vários títulos, encontram-se “Cinquenta tons de cinza”, de E. L. James, “Casamento por conveniência”, de Jennifer Probst e “A culpa é das estrelas”, de John Green.

The Guardian – 15.05.2017

Oceania

Australian writer Fiona McFarlane wins the 2017 Dylan Thomas prize

Fiona McFarlane, escritora australiana, ganhou 30 mil libras no “International Dylan Thomas”, um dos prêmios mais importantes para novos autores, por seu conto “The High Places”. Atravessando continentes, eras e gêneros, as 13 histórias de McFarlane examinam o espectro da vida emocional, com momentos de antecipação inquietante, satisfação doméstica e desespero sinistro.

Hindustan Times – 11.05.2017

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2013 Ecce Liber: Filosofia, Linguagem e Organização dos Saberes. Desenvolvedor: Diogo Xavier da Mata.

Centro de Estudos Avançados em Ciência da Informação e Inovação (CENACIN - IBICT)

CAPES - CNPq - FAPERJ