OFLClipping - Semanário Teleológico

Destaque da Semana

Call it a comeback: typewriters attracting new generation of fans

Na era dos smartphones e dos meios de comunicação social, as máquinas de escrever vintage que uma vez reuniam poeira em sótãos e porões atraem uma nova geração de fãs nos Estados Unidos. De pessoas em bares a poetas de rua vendendo poemas personalizados e datilografados, as máquinas de escrever ressurgem como itens populares entre os norte-americanos, levando-os a busca-las em brechós, sites de leilões online e loja de antiguidades. O interesse nas máquinas de escrever ressurgiram há cerca de dez anos atrás, quando entusiastas se reuniram online. Desde então, o número de fãs aumentou e vários eventos vêm sendo organizados. Doug Nichol, diretor do documentário “California Typewriter”, diz que esse interesse está relacionado com o desejo das pessoas em reconectarem-se com o passado em meio a era digital.

My San Antonio – 14.06.2017

Ásia

Guerras literárias: como eram os duelos entre os grandes escritores russos

Dostoiévski desprezava Turguêniev, Búnin não suportava Nabôkov. Ideologia, ambição ou conflitos pessoais - não faltavam motivos para os autores clássicos russos maldizerem uns aos outros. A Gazeta Russa ilustra alguns exemplos da relação – nem sempre boa – entre os escritores russos.

Gazeta Russa – 15.06.2017

América do Norte

Así es el encantador subte-biblioteca que recorre Nueva York

Nada pior do que percorrer uma viagem longa em um transporte público e se esquecer do livro. Para aliviar essa situação, a biblioteca pública de Nova York e a Autoridade Metropolitana de Transporte se uniram para criar um sistema de leitura nos metrôs da cidade. Trata-se da “Subway Library”: uma plataforma gratuita que permite baixar livros, por meio do WiFi público, para ler durante o trajeto. Podem-se encontrar contos, romances, literatura infanto-juvenil, pequenos relatos com histórias sobre Nova York, entre outros.

La Nacion – 08.06.2017

América Central

Donde ficción y realidad se funden

O universo fascinante de Julio Verne revive em uma mostra, na Nicarágua, que homenageia seus livros e personagens. A exibição percorre as fontes que inspiraram o autor francês. Há mapas com itinerários de seus romances, fotografias e objetos de coleção. Ainda, busca ilustrar seu papel como criador de invenções, explorações e descobrimentos. A exibição tem a ver com estimular a cultura científica, a partir de um delineamento do retrato da modernidade através de figuras que lhe deram forma e Verne, como atento observador de sua realidade, deixou sementes que deram grandes frutos no mundo contemporâneo.

La Prensa – 11.06.2017

América do Sul

Donos de sebos revelam objetos raros encontrados dentro de livros antigos

"É como abrir uma caixa preta de um avião", compara o livreiro Jonas Taucci, 58, quando manuseia algum dos mais de 300 mil livros antigos estocados no Sebo do Messias, no Centro de São Paulo. Apaixonado por livros, há 15 anos ele pediu demissão de uma multinacional para trabalhar no lugar, onde afirma não existir prazer maior do que encontrar cartinhas, fotografias, cartões postais, dinheiro velho, origami e outras “surpresas” esquecidas por seus antigos donos dentro dos exemplares. “Cada objeto encontrado é a prova de que uma vida foi vivida”, filosofa. Tendo em vista a raridade de muitos objetos encontrados, o livreiro pretende lançar em breve um novo site, só para leiloar coisas raras que encontra.

Uol – 14.06.2017

Europa

The Hidden Treasures in Italian Libraries

David Laskin, colunista do The New York Times, viajou até a Itália para explorar suas mais notáveis bibliotecas. Suas visitações perpassaram Florença, Roma, Veneza, dentre outras cidades, ilustrando não apenas a imponência da arquitetura dessas bibliotecas, como também, seu acervo, rico em livros raros.

The New York Times – 13.06.2017

Biblioteca Galveias reabre após obras de 2,5 milhões​

Com mais 220 lugares sentados, mais 700 m², salas de estudo com horário alargado, um espaço para crianças, salas polivalentes e de trabalho, com acesso livre à internet e um espaço lounge. Estas são algumas das novidades da renovada Biblioteca Galveias, no Campo Pequeno, em Lisboa, que reabre as portas, depois de estar fechada desde 2015 e de um investimento de 2,5 milhões de euros. A requalificação do Palácio Galveias, edifício construído no século XVII como casa de campo dos Távoras, absorveu a maior fatia: 1,9 milhões de euros. Os restantes 600 mil euros foram aplicados "na requalificação da missão desta biblioteca e também no aumento do espaço".

Diário de Notícias – 08.06.2017

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
Siga

© 2013 Ecce Liber: Filosofia, Linguagem e Organização dos Saberes. Desenvolvedor: Diogo Xavier da Mata.

Centro de Estudos Avançados em Ciência da Informação e Inovação (CENACIN - IBICT)

CAPES - CNPq - FAPERJ