Please reload

Posts Recentes

VI Seminário Internacional A Arte da Bibliografia - UDESC / UFSC - Florianópolis - 2019

Livros acadêmicos: a importância da cultura epistêmica para o d...

Livros acadêmicos: a importância da cultura epistêmica para o desenvolvimento de técnicas de avaliação

December 2, 2019

1/10
Please reload

Posts Em Destaque

ÓrbitaLIS n.25: Letramento Global

26 Sep 2017

A princípio, nada foi planejado. Cada homem tinha um livro de que desejava se lembrar e se lembrou. Depois, durante um período de cerca de vinte anos, fomos nos encontrando, em viagens, e passamos a estreitar a rede frouxa e a definir um plano. A coisa mais importante que tínhamos de incutir em nós mesmos foi que não éramos importantes, não devíamos ser pedantes; não devíamos nos sentir superiores a ninguém mais no mundo. Não somos nada além de capas empoeiradas de livros, sem nenhuma outra importância. — Ray Bradbury ([1953]* 2003, p.188)

 

"Uma proposição que emana de mim — tão, diversamente, citada em meu elogio ou por censura —  reivindico-a com aquelas que se comprimirão aqui — sumária quer, que tudo, no mundo, existe para culminar num livro." — Stéphane Mallarmé ([c.1890]* 2010, p.180)

New Broadband Commission report highlights emerging global skills gap

Recomendações de um relatório entitulado "Digital skills for life and work", de setembro de 2017, são destacadas por Irina Bokova, diretora geral da UNESCO, como de suma importância para o desenvolvimento de uma nova geração de "cidadãos digitais" preparados para se engajar nas comunidades digitais de hoje e de amanhã. Benefícios para a saúde das economias locais pelo acesso e — igualmente importante, segundo John Galvin conhecimento sobre como utilizar as tecnologias para o bem da sociedade também são citados. Tudo isso sobre a afirmação de um gap formado sobre o impacto que gênero, classe, geografia e idade das pessoas ainda proporcionam na apropriação da tecnologia por essas populações.

Fonte: UNESCO (17.09.17)

 

Rethinking literacy skills in a digital world

Notas sobre a Conferência Internacional proferida no International Literacy Day, em Paris, em 2017. Dois pilares em que a tecnologia deve se sustentar: inclusão e respeito pelos direitos e dignidade humanos. Segundo a diretora geral da UNESCO, esses pilares ajudam a redefinir o conceito tradicional de "literacy", bem como sua atuação no contexto digital pelo mundo.

Fonte: UNESCO (08.09.17)

 

*A data entre colchetes refere-se à data da primeira publicação do texto.

REFERÊNCIAS

BRADBURY, Ray. Fahrenheit 451. Tradução de Cid Knipel. São Paulo: Globo, 2003. 215 p.

MALLARMÉ, Stéphane. Quanto ao livro. In: ______. Divagações. Tradução e apresentação Fernando Scheibe. Florianópolis: Ed. da UFSC, 2010. p. 169-184.

 

IMAGEM

ECCE LIBER. 2017. Rio de Janeiro, 2017. 1 fotografia, p&b. Coleção "Livro".

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga