De indicibus librorum e a arte da indicialização em Conrad Gesner (parte II): ilustração e aplicação

V Seminário Internacional A Arte da Bibliografia - UFPE - Recife - 2018

De indicibus librorum e a arte da indicialização em Conrad Gesner (parte II): ilustração e aplicação

Por André Vieira de Freitas Araújo (UFRJ)

Resumo

Introdução: Trata-se da segunda parte do estudo sobre De indicibus librorum - seção integrante das Pandectae (1548) de Conrad Gesner (1516-1565) - que versa sobre constituição, função e uso de índices.

Objetivo: Ilustrar a aplicação dos índices a partir da: 1) demonstração do sistema de disposição e inventariação introduzido por Konrad Pellikan (1478-1556) e apresentado por Gesner e 2) exemplificação de índices gesnerianos no âmbito das Pandectae (1548, 1549).

Metodologia: Sob abordagem histórico-bibliográfica, o estudo tem como percurso: 1) leitura e tradução integral de De indicibus librorum (para Parte II do estudo, especificamente a tradução do fólio 21r (d3) ao fólio 22v (d4)); 2) discussão e combinação da fonte latina com a revisão de literatura acerca do tema, sobretudo a partir de Wellisch (1981), Cochetti (1984a,1984b) e Serrai (1990); 3) mapeamento e ilustração de alguns dos índices apresentados nas Pandectae (1548, 1549).

Resultado: A última parte de De indicibus librorum é dedicada aos índices das bibliotecas, aqui considerados principalmente em relação às necessidades de ordenação e controle inventarial. Neste sentido, Gesner menciona índices de bibliotecas que foram empregadas para ampliar sua monumental Bibliotheca Universalis (1545) e, para explicar os critérios e a estrutura dessas ferramentas, ilustra o sistema de disposição e inventariação, por formato, introduzido por Konrad Pellikan na Biblioteca Carolina. A ilustração e aplicação de índices também estão evidentes nas Pandectae (1548, 1549), a exemplo do principal índice que foi impresso como a última parte das Partitiones theologicae (1549).

Conclusões: Os índices elaborados nas Pandectae (1548, 1549) são sofisticados e superiores comparados a outros índices contemporâneos de estudiosos. Em sua totalidade, De indicibus librorum é fonte relevante para história, teoria, prática e arte da indicialização e, igualmente, para história da organização do conhecimento no Séc. XVI. Paralelamente, o conjunto de argumentos apresentados por Gesner antecipam e comprovam, com efeito, a configuração teórico-aplicada e técnico-indicial que veio a assumir a Bibliografia como disciplina.

Palavras-chave: De indicibus librorum [f. 21r (d3) - 22v (d4)]. Indicialização. Índice - História e Teoria. Indexação - História e Teoria. Pandectae (1548, 1549). Organização da Conhecimento – Séc. XVI.

Conheça André Araújo

Professor Adjunto do Departamento de Biblioteconomia da UFRJ. Doutor em Ciência da Informação pela USP, com período sanduíche na Università di Bologna. Mestre em História Social pela USP. Bacharel em Biblioteconomia e Documentação pela UNESP. É um dos idealizadores e organizadores do Seminário Internacional A ARTE DA BIBLIOGRAFIA. Foi palestrante do "International Congress Conrad Gessner (1516-1565)", ocorrido em Zurique, em 2016. Pertenceu ao quadro diretivo da Associação de Arquivistas de São Paulo (2015-2016). Como bibliotecário, desenvolveu trabalhos em instituições e projetos diversos, ligados à organização, preservação e difusão de acervos históricos, dos quais se destaca a Biblioteca do Mosteiro de São Bento de São Paulo. Foi docente no SENAC-SP, UNIFAI-SP e FESPSP. Atua nas áreas de Bibliografia (História e Teoria), Estudos Gesnerianos, Organização do Conhecimento (Aspectos Históricos e Epistemológicos), História do Livro e das Bibliotecas, Biblioteconomia de Livros Raros e Coleções Especiais, Políticas de Preservação Documental, Bibliotecas e Arquivos Beneditinos.

V Seminário Internacional A Arte da Bibliografia - UFPE - Recife - 2018

[Programa completo do evento]

***

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2013 Ecce Liber: Filosofia, Linguagem e Organização dos Saberes. Desenvolvedor: Diogo Xavier da Mata.

Centro de Estudos Avançados em Ciência da Informação e Inovação (CENACIN - IBICT)

CAPES - CNPq - FAPERJ