A arte de documentar a "Natureza": relatos de viagem às Cataratas do Iguaçu (Brasil e Arge

VI Seminário Internacional A Arte da Bibliografia - UDESC / UFSC - Florianópolis - 2019

A arte de documentar a "Natureza": relatos de viagem às Cataratas do Iguaçu (Brasil e Argentina, 1883-1914)

Por: Cézar Karpinski

Resumo

Apresenta resultados de pesquisa sobre a história da paisagem das Cataratas do Iguaçu a partir de relatos de viagens publicados no Brasil e na Argentina entre os anos de 1883 e 1914. O objetivo geral da pesquisa foi o de investigar como os viajantes e exploradores que visitaram as cataratas entre fins do Século XIX e início do Século XX conceberam o território disputado por Brasil e Argentina desde o período colonial. Especificamente, objetivou-se: mapear fontes documentais sobre os recursos naturais, as populações locais e as relações políticas entre administradores brasileiros e argentinos na fronteira; digitalizar material bibliográfico contendo imagens e descrições da paisagem; refletir sobre as concepções de “Natureza”, “Recursos naturais”, e “Paisagem” presentes nas narrativas dos viajantes. A metodologia consistiu de pesquisa exploratória, bibliográfica e documental realizada em bibliotecas e arquivos argentinos (localizadas em Buenos Aires) e brasileiros (localizadas no Estado do Paraná). Ao todo, foram mapeados e digitalizados 20 relatos de viagem publicados entre 1883 e 1914 que perfizeram um total de 1.104 imagens, tratadas e arquivadas a partir de recomendações técnicas para tratamento de documento digital. Dentre os resultados, destacam-se: levantamento dos registros visuais da paisagem (primeiras fotografias publicadas, pinturas de paisagem e litografias); descrições minuciosas do território para fins de impulsionar o turismo de elite, em ascensão na Europa a partir da segunda metade do Século XIX; primeiras reflexões sobre o desmatamento e a destruição florestal na região da tríplice fronteira (Argentina, Brasil e Paraguai); a constituição de um estilo de narrativa que interconecta arte, história e estética para construção da paisagem e sua identidade nacional. Para a palestra, serão destacadas as imagens e as descrições da paisagem, ambas utilizadas como recurso discursivo de empoderamento dos Estados Nacionais em disputa pelo território da fronteira. Palavras-chave: Relatos de viagens. Cataratas do Iguaçu (Brasil). Cataratas do Iguaçu (Argentina). Paisagem. Memória.


Conheça Cézar Karpinski

Bacharel em Filosofia, mestre e doutor em História. Atuação e pesquisa na área de Ciência da Informação, nas interfaces: Informação e Memória; Estudos históricos e epistemológicos da Ciência da Informação; História dos Arquivos e das Bibliotecas; Patrimônio cultural, natural e documental; Ciência da Informação e Interdisciplinaridade; Informação e Movimentos Sociais. Na área de História é especialista em História e Meio Ambiente, Rio Iguaçu (Séculos XIX e XX), Patrimônio Ambiental, Cataratas e Parque Nacional do Iguaçu, Hidrelétricas e História Oral. Membro do Grupo de Pesquisa Organização do Conhecimento e Gestão Documental.


VI Seminário Internacional A Arte da Bibliografia - UDESC / UFSC - Florianópolis - 2019

[Programa completo do evento]

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
Siga

© 2013 Ecce Liber: Filosofia, Linguagem e Organização dos Saberes. Desenvolvedor: Diogo Xavier da Mata.

Centro de Estudos Avançados em Ciência da Informação e Inovação (CENACIN - IBICT)

CAPES - CNPq - FAPERJ