ÓrbitaLIS: um passeio pelas info-instituições nacionais e internacionais

Amanhã: “Twitter Chat about the Library of Congress Literacy Awards” Debate online via twitter sobre o tema com o objetivo de reconhecer a importância do letramento (“literacy”). Acompanhe pelo constantemente atualizado @LibraryCongress e use a hashtag #PromoteLiteracy para participar no diálogo. Fonte: Library of Congress (28.02.2017) Catálogo: “Bibliotheca Alexandrina 7th International Biennale for the Artist’s Book” Desde 2002, a cada dois anos a Bibliotheca Alexandrina promove a International Biennale for the Artist’s Book, “exemplificando a arte como meio de comunicação e diálogo”. Além do catálogo da edição mais recente disponibilizado acima, confira também os catálogos da 4ª, 5ª e 6ª

ABRIR AS JANELAS DA CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO OU DESTRUIR SEUS MUROS

A reflexão é por uma produção de conhecimento que caminhe menos de acordo com o tempo e a força de um mercado castrador, e que seja capaz de se libertar da redoma da “Information Science” e de seus marcos representativos dominantes, na maioria das vezes pautados por discursos estrangeiros que, inclusive, desconhecem a realidade latinoamericana e, sobretudo, a brasileira. Abrir as janelas da Ciência da Informação significa proporcionarmos a nós mesmos, pesquisadores, a possibilidade de espiarmos o “mundo da vida”, desenclausurando-nos de uma “interdisciplinaridade” altamente disciplinar, dos efeitos “tóxicos” de uma tecnologia dos “cifrões”, das anestesias métricas que nos privam de tocar as

OFLClipping - Semanário Teleológico

Destaque da semana 25 million books are missing from UK libraries - but who's counting? Um inventário realizado em bibliotecas públicas do Reino Unido aponta para mais de 25 milhões de livros desaparecidos. Os bibliotecários britânicos fazem um apelo às autoridades para que elas invistam – ao invés de reduzirem - recursos nas bibliotecas, para que os mesmos possam trabalhar adequadamente, de forma a evitar o enfraquecimento das bibliotecas, bem como o desaparecimento de mais livros. The Guardian – 23.02.2017 Ásia Por que Stalin transformou Púchkin em um deus No período da Rússia soviética, em 1937, Stálin celebrou o 100º aniversário da morte de Púchkin, o mais conceituado poeta russo, para c

A GRÉCIA INFORMACIONAL: vivliothikarios e a Library and Information Science na Hélade

Jovem, a construção do pensamento em Biblioteconomia e Ciência da Informação na Grécia distancia-se milênios do mito da biblioteca particular de Aristóteles, co-fundadora da Biblioteca de Alexandria. Até o início do século, três cursos constituíam a formação em todo o país no campo informacional. Nas visões de Gerolimos (2011), a principal responsável pelo desenvolvimento lento do campo na Grécia é a ausência de políticas orientadas para o uso social das bibliotecas. Reconhecidos como “elitistas” na era pré-Internet ao longo do século XX, os serviços bibliotecários não atingiam a maior parte da população. Isto resultou também no atraso do debate e da concretização da formação do bibliotecári

A CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO COMO CIÊNCIA POLÍTICA: a intenções e as tensões da intencionalidade roubaki

Um importante “desvio” conceitual é estabelecido para os estudos da intencionalidade: Roubakine (1998a, p. 6) chama a atenção que o âmbito psicológico de sua “ciência bibliológica” (ou ciência do livro) não deve investir no conceito de “consciência” – em sua visão, o conceito não designa a totalidade dos fenômenos psíquicos, mas apenas uma categoria superior. Por isto, para Roubakine (1998a) a noção de “experiência” evoca o conjunto macro dos fenômenos psíquicos, seja uma representação, uma emoção, um desejo, contidos no domínio do consciente ou do subconsciente. Para tal, o teórico russo adota a noção de “experiência psíquica” para o grupo de fenômenos que vão além daqueles reconhecidos com

ÓrbitaLIS: um passeio pelas info-instituições nacionais e internacionais

Chamada de artigos para o 35º Painel Biblioteconomia em Santa Catarina: Chapecó Submissão de artigos até 17 de março. “Ciência da Informação (Museologia – Biblioteconomia e Arquivologia)” e “Tecnologias” são dois dos eixos temáticos. O evento ocorrerá nos dias 2 e 3 de junho de 2017. Fonte: Revista ACB. Call for BSLA project proposals Submissão de propostas de “Building Strong Library Associations (BSLA) projects” até 1 de abril. “BSLA is delivered by the Action for Development through Libraries (ALP) programme.” O objetivo do programa ALP é aumentar o potencial das bibliotecas para: melhorar serviços para seus usuários, providenciar acesso equitativo à informação e desenvolver a profissão d

LINGUAGEM E SÍMBOLO: à distância da proximidade

O distanciamento entre o “ponto de vista linguístico” e o “ponto de vista filosófico” proposto por Nef ajuda a compreender a informação, enquanto linguagem-símbolo, dentro das perspectivas paradigmáticas oferecidas por Capurro; que não foram aprofundadas agora, mas em momentos mais apropriados ao longo da pesquisa. Para compreender as relações entre linguagem e simbolismo, encontramos Todorov (nascido em 1939, filósofo e linguista búlgaro radicado em Paris, na França desde 1963) e Bakhtin (1895 – 1975, filósofo e pensador russo, teórico da cultura europeia), a partir dos quais se pode estabelecer as relações entre os dois conceitos e a informação, conforme aplicado por Rafael Capurro. É na l

OFLClipping - Semanário Teleológico

Destaque da Semana Amazon volta a investir em livro impresso e abre até livraria Em meio a era digital, na qual o fim do livro em formato códex parecia ser um acontecimento inevitável, a queda nas vendas de livros eletrônicos prova o contrário. A maior rede varejista de livros, Amazon, conhecida pelo leitor digital Kindle, aposta no mercado de venda de livros impressos, para provar que o livro nunca acaba, só se reinventa. Folha de S. Paulo – 10.02.2017 Ásia Serviço online gratuito envia poemas de Púchkin toda manhã O serviço online do site de literatura Nezarastet envia, diariamente, excertos das obras de Púchkin, poeta mais reverenciado da Rússia. Para receber os poemas diariamente, o usuá

CANTO À MEMÓRIA INFELIZ: desigualdade e dialética das linguagens documentárias

Reconhecemos, em diálogo com o ponto de vista ricoeuriano, o argumento de uma “felicidade memorial” na práxis informacional: a recuperação da informação representa o potencial de uma “memória feliz” quando atende, dada a relação entre precisão e revocação, ao que foi procurado por um dado pesquisador, leitor, usuário. No entanto, sob outro ponto de partida, encontrando também, em certa medida, o ponto de vista de Ricoeur (2013) (tomando por base sua análise das ideologias na relação com o universo científico), identificamos o potencial de uma angústia na recuperação da informação, pautado pelo prisma da intencionalidade ideológica, tanto como integração como quanto dissolução, dilaceração. A

A África tem direito à informação?: o info-apartheid entre a cultura do acesso e a pobreza

O poder de negar, destruir, tergiversar a informação parece ser ainda o papel central de muitos Estados. Afinal, quem “contextualiza” o “contexto”? Dick (2005) evoca o delírio mais social do pragmatismo, o conceito de contexto, para problematizar o drama da “informação como poder” na África do Sul e, para além disto, o “poder como informação”. O mesmo autor das reflexões sobre a epistemologia social e da condição da Ciência da Informação como ciência social, apresenta-nos a guerra contemporânea pelo direito à informação como pauta da agenda mundial, principalmente em sua extraordinária demanda nos países em desenvolvimento e nos países mais pobres do mundo. A grande mancha do silêncio inform

ÓrbitaLIS: um passeio pelas info-instituições nacionais e internacionais

5º Concurso de Ajudas do Programa Iberoamericano de Bibliotecas Públicas Ajuda econômica às Bibliotecas Públicas. A entidade deve submeter projeto para concorrer a uma bolsa no valor de $181.000 USD. O concurso Ajudas 2017 é destinado a projetos de diferentes tipos, como apoio à leitura, planos estratégicos de desenvolvimento, redes e sistemas de bibliotecas, gestão de coleções, entre outros. Fonte: Iberbibliotecas. Glosario interdisciplinar de conceptos, metaforas, teorías y problemas en torno a la información O projeto BITrum construiu um Glossário temático interativo, a proposta é que este glossário sirva como instrumento conceitual acerca da informação. Conta com conceitos, metáforas, te

O ESPECTRO TURVO DE UM NOME: do conceito de informação entre a linguagem e o símbolo

A diversidade de conceitos sobre informação requer um esforço conceitual a fim de buscar uma definição que sirva aos propósitos da investigação, pois o que a pesquisa propõe é exatamente uma aproximação entre informação, linguagem e símbolo, em uma perspectiva filosófica cujo maior problema é relacionar informação com linguagem e símbolo em uma perspectiva dialógica entre as concepções idealista e realista. No aspecto filosófico, a Ciência da Informação responde, enquanto ciência hermenêutico-retórica, cujo objeto de estudo é a linguagem-símbolo (ou informação simbólica), pelos argumentos de Rafael Capurro, numa abordagem representacionista (homem informacional), se aproximando de Ernst Cass

OFLClipping - Semanário teleológico

Asia São Petersburgo ganha biblioteca mais cara do país A biblioteca Capella, pertencente à Editora Alfaret, foi inaugurada em dezembro de 2016 e pode ser considerada a mais cara da Rússia. Com um projeto gótico e entrada por mais de 100 dólares, o espaço oferece livros raríssimos e os visitantes podem comprar alguns dos exemplares e realizarem visitas guiadas. Gazeta Russa – 04.02.2017 África Wrap-up of 2017 Cairo International Book Fair’s latest novels Com o título “Juventude e Conhecimento do Futuro”, a Feira de Livro Internacional do Cairo recebeu obras literárias de 670 autores de 35 países árabes e estrangeiros. O objetivo principal da feira foi reavivar o cenário cultural do Egito, co

UMA JORNADA EM BUSCA DO “SOCIAL” NA ESTRUTURA INFORMACIONAL

A Ciência da Informação (CI) atua como uma área do conhecimento que lida com vários aspectos e registros informacionais (propriedades, comportamentos, processos, sistemas e outros) e permite uma ampla variedade de pesquisas, principalmente, interdisciplinares desde a sua própria origem. Na atualidade, esse campo realiza investigações sobre o funcionamento dos processos de seleção, organização, disseminação, acesso, uso e preservação da informação, os quais, muitas das vezes, são alcançados apenas por uma parte do segmento da sociedade. No Brasil, a CI é considerada, em termos institucionais (de acordo com classificações de agências como Capes e CNPq e divisões internas nas várias universidad

Bibliotecas como instituições propulsoras do desenvolvimento sustentável: um mosaico de ações locais

Na última quarta-feira (01/02) a International Federation of Library Associations and Institutions – IFLA divulgou em sua página no Facebook iniciativas para a promoção do papel das bibliotecas no desenvolvimento sustentável proposto pela Agenda da Organização das Nações Unidas para 2030. Na esteira de tal projeto, a Associação publicou em seu site documentos que fornecem exemplos de como bibliotecas em todo o mundo já estão colaborando para que as metas propostas pela ONU sejam alcançadas. Argumentando que as bibliotecas são instituições chave para o desenvolvimento sustentável e para a qualidade de vida, o livreto "Access and opportunity for all: how libraries contribute to the United Nati

ÓrbitaLIS: um passeio pelas info-instituições nacionais e internacionais

Invitation to submit funding proposals for the International Advocacy Programme (IAP) Chamada para submissão de propostas de projetos financiáveis até 3 mar. 2017. Devem ser de abrangência nacional ou regional, e representativos do potencial de contribuição das bibliotecas para o cumprimento da Agenda 2030 da ONU. Iniciativa faz parte do International Advocacy Program (IAP). Fonte: IFLA (30.01.17) ALA opposes new administration policies that contradict core values Carta aberta de Julie Todaro, presidente da ALA, em resposta às ações recentes do governo Trump. São temas do documento e, também, de uma lista de fontes de informação online inserida no texto: acesso à informação, diversidade e li

É HISTÓRICA A INFORMAÇÃO? CARTAS A UM VENDAVAL: ou preâmbulos diltheyanos a uma epistemologia histór

A argumentação orientada para a origem e a fundamentação da Ciência da Informação tem recebido críticas de reflexões recentes, como aquelas oriundas de uma abordagem neodocumentalista, em Buckland (1991), Frohmann (2004, 2009, 2011) e Day (2001, 2005), por exemplo, e aquelas advindas do ponto de vista hermenêutico-retórico, como em Capurro (1992). Sob o ponto de vista de uma teoria do conhecimento em Dilthey (2010), atenta às distinções teóricas entre ciências humanas e ciências da natureza, cabe-nos demonstrar que a historicidade que deva à constituição da Ciência da Informação como discurso legitimado, fruto de controversas tentativas de fundamentação na procura por uma teoria geral da inf

OFLClipping - Semanário teleológico

DESTAQUE DA SEMANA Striking photos of readers around the world Qual a magia do livro antes conceito, quase-coisa? Por que o conceito nos encarcera e a coisa nos comove? E a forma se vê censurada, expurgada, queimada, sem que ela, ela própria, a forma, se desintegre... Qual o mistério por trás dos livros e da leitura? No Observatório do Fim do Livro, o Ecce Liber apresenta a teleologia do espaço escritural, as finalidades do livro através de notícias pelo mundo que ressaltam sua importância não somente para a Biblioteconomia e Ciência da Informação, como também para todas as áreas do conhecimento, centralmente sua condição no espelho do humano, eis o livro, eis o homem. Começamos a incrível s

AUTORIDADE, PODER E CIÊNCIA: entre Pierre Bourdieu e Patrick Wilson

Na Sociologia, a noção de autoridade é “definida e sustentada pelas normas do sistema social e, de modo geral, aceita como legítima pelos que dela participam”. Nesse entendimento, a autoridade está ligada a posições, status que os indivíduos ocupam dentro do espaço na qual pertence, como a autoridade exercida por um policial, legitimada pela crença social. A filosofia por sua vez vincula o conceito e o argumento de quem detém autoridade ao valor moral conquistado. Isso pode ser observado no Dicionário básico de Filosofia de Japiassu e Marcondes. Um argumento de autoridade pode ser fundado no “valor moral ou intelectual de alguém tendo certo prestígio ou exercendo certo poder”. Quando o conce

Bibliotecas em centros culturais estrangeiros: novos objetos para os estudos comparados e internacio

Em plena era da informação instantânea, da superação das barreiras de espaço e tempo que permite a configuração de um mundo intensamente conectado, a escassez de estudos sobre as bibliotecas de centros culturais estrangeiros como instituições estratégicas para a diplomacia cultural pode ser tida, no mínimo, como curiosa. Poucas são conhecidas, pouco se sabe sobre suas particularidades e muito menos sobre a sua relevância para a sociedade. Neste sentido, o estudo de Prieto e Boj (2016), "The role of libraries in cultural centres abroad: an insight", permite uma noção da importância de tais instituições. De acordo com os autores, aproximadamente 2.200 bibliotecas são mantidas em centros cultur

Posts Em Destaque
Categorias
Nuvem de Tags
Arquivo
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2013 Ecce Liber: Filosofia, Linguagem e Organização dos Saberes. Desenvolvedor: Diogo Xavier da Mata.

Centro de Estudos Avançados em Ciência da Informação e Inovação (CENACIN - IBICT)

CAPES - CNPq - FAPERJ