Dia Nacional da Leitura



O Dia Nacional da Leitura, celebrado em 12 de outubro, foi instituído pela Lei nº 11.899, de 8 de janeiro de 2009. Essa lei também prevê a criação da Semana Nacional da Leitura e da Literatura, a ser comemorada sempre na mesma semana do dia da leitura. A celebração do Dia Nacional da Leitura na data em que se comemora o Dia das Crianças não é mera coincidência. A iniciativa demarca a importância de se estimular a leitura desde a infância, bem como alertar para a necessidade de criação e investimento em bibliotecas públicas e comunitárias.


O ato de ler, para muito além de uma atividade capaz de proporcionar momentos de lazer, aprendizado e formas de lidar com as adversidades, nos permite significar e ressignificar as lentes que moldam o mundo social à luz de diferentes sentidos, diferentes realidades. Eis a leitura da palavra como leitura do mundo, como nos diria Paulo Freire. Abramos os livros.


Em comemoração, o Ecce Liber deixa abaixo algumas indicações de leitura para refletirmos um pouco mais sobre a temática:


BORGES, Ellen Valotta Elias. O texto além das palavras: uma visão ampliada da apropriação da informação por meio de textos literários. Brazilian Journal of Information Science: Research Trends, Marília, v. 10, n. 3, p. 15-24, 2016. DOI: 10.5016/brajis.v10i3.5681.


BOURDIEU, Pierre; CHARTIER, Roger. A leitura: uma prática cultural. In: CHARTIER, Roger (org.). Práticas da leitura. 5. ed. São Paulo: Estação Liberdade, 2011. p. 231-253.


BOURDIEU, Pierre. Leitura, leitores, letrados, literatura. In: BOURDIEU, Pierre. Coisas ditas. São Paula: Brasiliense, 2004. p. 134-146.


BUDD, John. Phenomenology and information studies. Journal of Documentation, Yorkshire, v. 61, n. 1, p. 44-59, 2005. DOI: 10.1108/00220410510578005.


DUMONT, Lígia Maria Moreira. Lazer, leitura de romances e imaginário. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v. 5, n. 1, p. 117-123, jan./jun. 2000. Disponível em: http://portaldeperiodicos.eci.ufmg.br/index.php/pci/article/view/131/315.


DUMONT, Lígia Maria Moreira. O imaginário feminino e a opção pela leitura de romances de séries. Orientadora: Nice Menezes de Figueiredo. 1998. 247 f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) – Escola de Comunicação, Universidade Federal do Rio de Janeiro/Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia, Rio de Janeiro, 1998.


DUMONT, Lígia Maria Moreira. Os múltiplos aspectos e interfaces da leitura. DataGramaZero: Revista de Ciência da Informação, Rio de Janeiro, v. 3, n. 6, não paginado, dez. 2002. Disponível em: http://www.brapci.inf.br/index.php/res/download/44758.


FREIRE, Paulo. A importância do ato de ler em três artigos que se complementam. São Paulo: Cortez, 1982.


PETIT, Michèle. A arte de ler: ou como resistir à adversidade. São Paulo: Editora 34, 2009.


PETIT, Michèle. Leituras: do espaço íntimo ao espaço público. São Paulo: Editora 34, 2013.


PETIT, Michèle. Ler o mundo: experiências de transmissão cultural nos dias de hoje. São Paulo: Editora 34, 2019.


PRADO, Geraldo. Leitura: um compromisso social em expansão. In: NOVAES, Claudio Cledson; BESNOSIK, Maria Helena da Rocha; REIS, Mírian Sumica Carneiro (org.). Livro, leitura e inclusão social no sertão baiano. Feira de Santana, BA: UEFS Editora, 2016. p. 101- 120.


REBELLO, Isabel Santana da Conceição. Biblioteca infantil, leitores e leitura: um estudo a partir da dispersão da literatura especializada. Orientador: Gustavo Silva Saldanha. 2015. 95 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Biblioteconomia) – Programa de Pós-Graduação em Biblioteconomia, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2015. Disponível em: http://www.repositorio-bc.unirio.br:8080/xmlui/handle/unirio/11917.


ROUBAKINE, Nicolas. Introduction à la psychologie bibliologique. Paris: Association Internacionale en Bibliologie, 1998.





Posts Em Destaque
Posts Recentes