OFLClipping - Semanário Teleológico

Destaque da semana

Rebel girls: meet the authors who’ve redefined fairytales in the gender debate

Elena Favilli and Francesca Cavallo, criadoras do vídeo viral “Cinderfella” e do livro “Goodnight stories for rebel girls”, falam sobre a necessidade de reescreverem os contos de fada sob perspectivas de gênero imparciais e livres de preconceitos. Para as autoras, a proposta de trocar os papéis de gênero nos contos de fada, realizados sem nenhum tipo de julgamento, contribui para transmitir a mensagem de que não existem funções “masculinas” e “femininas”.

Hindustan Times – 22.05.2017

Ásia

Erotic is not porn. Here’s everything you need to know about the much-misunderstood genre

A escritora e crítica literária indiana Rosalyn D’Mello analisa as características da literatura erótica, lançando luz sobre os preconceitos que o gênero sofre em ser confundido com pornografia. Também ressalta a literatura erótica como o tipo de gênero que oferece um espaço incrível para as mulheres desenvolverem e defenderem suas vontades e a liberdade de seus corpos.

Hindustan Times – 21.05.2017

Booming book sales in India a sign of the good times

O crescimento da economia na Índia, somados ao aumento nas taxas de alfabetização e a alguns autores premiados, está alavancando o setor de publicações do país. Liderados por livros didáticos, estima-se que o setor de livros indiano tenha um crescimento médio anual de 19,3% até 2020.

South China Morning Post – 24.05.2017

Graphic novels, games bring syrian refugees’ stories to new audiences

Jogos recentes de aplicativos para celular e histórias em quadrinhos estão atuando como um instrumento para se fazer ouvir as vozes dos refugiados da Síria através dos novos meios de compartilhamento de informações e narração de histórias. Atuando como um espaço de expressão e libertação dos sírios, essas produções oferecem uma compreensão diferenciada da crise em curso e estimulam os leitores e os jogadores a considerar suas próprias posições em relação ao conflito.

Syria Deeply – 18.05.2017

África

Book industry must change, festival told

Os autores e editores na edição deste ano do “Franschhoek Literary Festival”, sediado em Cape Town, na África do Sul, pediram a abertura da indústria do livro e a aposentadoria daqueles em cargos de sênior que não são adaptáveis ​​às mudanças do mercado do livro africano. Durante uma discussão intitulada "Existe uma escassez de autores de ficção negra?", palestrantes convidados expeliram suas frustrações sobre a falta de oportunidades que autores negros e editores encontram.

The Star – 21.05.2017

How writers deal with social issues

O que acontece quando você coloca dois escritores cujas obras tiveram um grande impacto na sociedade em uma sala juntos? O projeto “Literary Crossroads” tenta descobrir. Apresentado pelo Goethe-Institut em Joanesburgo, na África do Sul, esta é uma série que reúne um escritor sul-africano com um de outra parte da África para uma conversa íntima sobre tópicos que podem aparecer em ambos os seus trabalhos. Segundo Indra Wussow, mediadora do debate, "A ideia é explicar ou mostrar às pessoas como os escritores e poetas respondem às questões sociais e como eles estão orgulhosos de seu trabalho", ela começou. "Fizemos isso com apenas escritores sul-africanos por vários anos, mas nos últimos três anos tivemos um escritor sul-africano e convidamos um outro escritor do continente a discutir tópicos que ambos têm em seus trabalhos. Tópicos que lidam com questões sociais ou questões políticas que são relevantes em nossas sociedades agora ".

The Star – 16.05.2017

América do Norte

The Library of Congress just made 25 million records available for free

A Library of Congress anunciou a maior liberação de registros digitais em sua história. Ela fará 25 milhões de registros de seu catálogo disponíveis para o público para download. Antes disso, os registros - que incluem livros e séries, música e manuscritos, e mapas e materiais visuais que abrangem de 1968 a 2014 - só foram acessíveis através de uma assinatura paga. Esses arquivos estarão disponíveis para download gratuito em seu site e também estarão disponíveis em data.gov. "A Library of Congress é o monumento da nação para o conhecimento e precisamos ter certeza de que as portas estão abertas para todos, não apenas fisicamente, mas também digitalmente", disse a bibliotecária Carla Hayden. "Desbloquear os dados no catálogo online da Biblioteca é um grande passo.”

Fortune – 17.05.2017

América Central

Por qué los nicaragüenses están convencidos de que el suyo es el país con más poetas per cápita de América Latina

A Nicarágua é um país que abriga grandes poetas, como Rubén Darío, por exemplo. Por essa razão, muitos nicaraguenses estão convencidos de que seu país é o que tem mais poetas por capital da América Latina e, talvez, do planeta. Segundo o poeta Francisco de Asís Fernández, na Nicarágua há uma tradição poética que se inicia com Rubén Darío e, desde então, não parou mais de produzir grandes poesias e grandes poetas. Ainda, o presidente do “Festival Internacional de Poesía de Granada”, que se converteu em um dos mais importantes festivais do continente dedicado ao gênero, afirma que a poesia nicaraguense é tão importante, porque é uma poesia que representa o caráter de todo um país.

La Prensa – 24.05.2017

América do Sul

“A maior parte das livrarias não tem livros que nos representam”, diz criadora de espaço dedicado a autores negros em BH

A Bantu foi inaugurada há cinco meses e tem cerca de 500 títulos adultos e infantis. Um dos objetivos da livraria é promover obras que vão além do que é ensinado nas escolas. “A África, de uma forma geral, é tratada como um país. É um continente, gente. São várias as histórias. Tem povo iorubá, tem povo bantu, povo mina jeje. É muito amplo”, disse a jornalista Etiene Martins criadora do espaço.

G1 – 13.05.2017

Incentivo à formação de leitores

A Secretaria de Belo Horizonte lança o projeto “Leituras em Conexão” para estimular o contato de alunos da rede municipal com os livros. Serão destinados 40% dos recursos do Programa de Ação Pedagógica (PAP) para o projeto, cerca de 1,6 milhões, que podem ser usados para criar cantinhos de leitura e reforçar o acervo das bibliotecas. O objetivo é formar não apenas leitores, mas sim leitores críticos.
O Tempo – 19.05.2017
Europa
Unseen Sylvia Plath poems deciphered in carbon paper

Um papel de carbono escondido na parte de trás de um velho caderno de Sylvia Plath revelou dois poemas previamente desconhecidos, escritos pela autora. O papel, que foi descoberto por estudiosos que trabalham em um novo livro sobre a poetisa, ficou sem ser descoberto por 50 anos e oferece um vislumbre tentador de como Plath trabalhou com seu então marido, o também poeta Ted Hughes. O material examinado pelos acadêmicos lançou luz sobre os trabalhos “To a refractory Santa Claus” e “Megrims”. Todas essas descobertas serão reveladas em “These Ghostly Archives”, a ser publicado no Reino Unido.

The Guardian – 24.05.2017

Oceania

The Australian authors proving a hit in China

A China pode ser considerada como um dos maiores mercados para os livros australianos, com mais contratos para as histórias australianas assinadas com editores na China do que nos Estados Unidos ou na Grã-Bretanha. O embaixador australiano Jan Adams disse: "Na última década, a “Australian Writers 'Week in China”, evento literário no país sobre a escrita australiana, viu muitos dos autores mais interessantes da Austrália viajarem para a China, compartilhar suas histórias com o público chinês e celebrar a escrita contemporânea australiana".

South China Morning Post – 22.05.2017

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2013 Ecce Liber: Filosofia, Linguagem e Organização dos Saberes. Desenvolvedor: Diogo Xavier da Mata.

Centro de Estudos Avançados em Ciência da Informação e Inovação (CENACIN - IBICT)

CAPES - CNPq - FAPERJ