OFLClipping - Semanário Teleológico

Destaque da semana

No centenário de morte, primeira autora negra do Brasil ganha reedição

Primeira escritora negra do Brasil e primeira autora de romance abolicionista em toda língua portuguesa em 1859, quarenta anos antes da lei que libertou os escravos, Maria Firmina dos Reis publicou Úrsula, um romance abolicionista. Em 2017 completa-se o centenário da morte de Maria Firmina e em setembro sua importante obra irá ganhar uma nova edição pela PUC Minas.

Estadão – 29.07.2017

Ásia

Rússia lança site dedicado a soldados da Primeira Guerra

Um portal intitulado “Em memória dos heróis da Grande Guerra de 1914-1918”, dedicado aos 2,5 milhões de militares russos que participaram do conflito, foi lançado no dia 01 de agosto, data que marca o início do confronto contra a Rússia. Por meio do site, os visitantes podem divulgar informações sobre os parentes que lutaram na linha da frente da Primeira Guerra Mundial, descobrir de quais batalhas eles participaram, ou onde exatamente seus familiares foram mortos. O novo projeto foi baseado na experiência de especialistas que criaram bancos de dados da Grande Guerra Patriótica (como é conhecido na Rússia o período em que a URSS enfrentou a Alemanha nazista), combinados no site “Memória do Povo”. Todo usuário também tem a oportunidade de criar um gabinete pessoal, salvar pesquisas e traçar o destino dos combatentes pelo respectivo número da unidade militar. O banco de dados inclui ainda descrição de batalhas, biografias de comandantes e informações sobre uniformes, além de outros documentos e links úteis. Atualmente, já estão disponíveis mais de 9,5 milhões de arquivos. No futuro, os descendentes dos soldados poderão obter dados de arquivos digitalizados e receber mais informações sobre os locais de enterro dos seus familiares.

Gazeta Russa - 01.08.2017

Malaysia ban on 'moderate Islam book' sparks criticism

Ativistas e autores na maioria muçulmana da Malásia reagiram com indignação depois que autoridades proibiram um livro que tinha como objetivo promover o Islã de forma mais moderada. O livro "Breaking the silence: voices of moderation - Islam in a constitutional democracy" é uma coleção de ensaios cuja publicação foi organizada por um grupo de muçulmanos que lutam por uma forma de islamismo mais tolerante. A proibição, assinada pelo vice-primeiro-ministro Ahmad Zahid Hamidi, disse que imprimir ou possuir o livro era "passível de ser prejudicial para a ordem pública" e "provável que desperte a opinião pública".

Ahram Online – 02.08.2017

América do Norte

Picture books based on famous novels violate copyright, a Judge rules

A premissa dos “KinderGuides”, uma coleção de livros ilustrados voltados para crianças, têm como base os grandes clássicos do cinema e da literatura. Os editores afirmam que os livros servem para suscitar o gosto pela literatura clássica desde cedo. Contudo, há uma questão que deve ser levada em consideração: esses livros violam os direitos autorais? Um juiz, em Manhattan, decidiu que sim. Na decisão, o Juiz afirmou que muitos desses livros são versões não autorizadas de obras protegidas pela lei de direitos autorais, utilizando o mesmo enredo, cenário e personagens. Para ele, “Se os editores verdadeiramente desejam introduzir crianças aos clássicos, existem inúmeras obras que se encontram em domínio público que eles poderiam escolher”.

The New York Times – 01.08.2017

América do Sul

Em obra feminista, freira recria história de convento proibido

Maria Valéria Rezende, escritora e freira convidada da Flip, encontrou no Arquivo Ultramarino de Lisboa, documentos que afirmam que uma mulher foi processada ao criar um convento clandestino em Minas Gerais, no Brasil. Entre os documentos foi encontrado uma carta da processada, Maria Isabel, onde com ironia ela defende-se do suposto crime que tinha cometido. A partir da documentação encontrada e com base do contexto histórico, a escritora da vida ao fato ocorrido no século XVII.

Folha de S. Paulo – 31.07.2017

O jovem que tinha uma biblioteca de livros roubados em casa: “Eu lia todos, sobre tudo”

Em Itápolis, município do Estado de São Paulo, o jovem Flávio Fernandes de Oliveira possuía em sua casa 384 exemplares de livros furtados em Bibliotecas públicas e escolares. Organizados com cuidado o acervo possuía diversidade de gênero e temas. O Jovem afirmou que lia todos e que pretendia devolver os livros.

El País Brasil – 27.07.2017

Europa

El mundo olvidado (pero muy cotizado) de los libros más antigos

O que faz um colecionador de livros pagar uma quantia tão alta por determinado exemplar? As obras literárias mais antigas, as mais raras, as primeiras edições ou exemplares com dedicatórias são alguns dos motivos pelos quais esses livros são tratados como peças únicas no mercado livreiro.

La Vanguardia – 02.08.2017

Oceania

Dava Sobel in conversation with Brian Schmidt for Canberra Writers Festival

Era apenas uma questão de tempo até o universo do Professor Brian Schmidt e da aclamada escritora Dava Sobel colidirem. E o elo que liga esses dois estudiosos – a astronomia -, poderá ser visto na palestra que vão dar no evento “Canberra Writer’s Festival”, onde discutirão o último livro de Sobel, “The glass universe: the hidden history of the women who took the measure of the stars”. O livro fala sobre mulheres que mudaram a história da astronomia, fazendo fazendo descobertas extraordinárias que atraíram o reconhecimento mundial - ajudaram a discernir de que as estrelas são feitas e como categorizá-las, além de encontrar uma maneira de medir as distâncias do espaço pela luz das estrelas.

The Canberra Times – 03.08.2017

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
Siga

© 2013 Ecce Liber: Filosofia, Linguagem e Organização dos Saberes. Desenvolvedor: Diogo Xavier da Mata.

Centro de Estudos Avançados em Ciência da Informação e Inovação (CENACIN - IBICT)

CAPES - CNPq - FAPERJ