Loci communes: o método de indexação de Gesner por Andre Araújo

Em quantas dimensões podemos afirmar, como o fez Capurro, que a Retórica é a disciplina maior dos estudos informacionais? As constatações são inúmeras, no plano filosófico e no plano empírico. Eis aqui mais uma demonstração advinda de Andre Araujo.

"O que se observa aqui, é que Gesner adota um método comum no Renascimento, ou seja, o método dos Loci communes, que é, ao final, um método de leitura e de armazenamento de informações. Em uma concepção documentalista pode ser entendido como um método de indexação, posto que ocorre a extração de termos de um conjunto documentário e a sua representação por meio de palavras. Neste método, são selecionadas as passagens de interesse, ligadas às retóricas das frases, argumentos dialéticos ou informações factuais. Estas passagens são copiadas em um caderno, o Livro de Loci communes, e são agrupadas em rubricas apropriadas para facilitar a posterior recuperação e uso, principalmente na composição de um trabalho próprio.De acordo com Blair (1992), estritamente definido, o Livro de Loci communes é uma inovação humanista, mas que, como a maioria das práticas do Renascimento, adaptou um conceito com um glorioso pedigree antigo para atender às necessidades contemporâneas, neste caso pedagógicas e de investigação."

Leia o artigo completo AQUI.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
Siga

© 2013 Ecce Liber: Filosofia, Linguagem e Organização dos Saberes. Desenvolvedor: Diogo Xavier da Mata.

Centro de Estudos Avançados em Ciência da Informação e Inovação (CENACIN - IBICT)

CAPES - CNPq - FAPERJ