O livro: do objeto ao documento na prática bibliográfica

VI Seminário Internacional A Arte da Bibliografia - UDESC / UFSC - Florianópolis - 2019

O livro: do objeto ao documento na prática bibliográfica

Por: Cristina Dotta Ortega

Resumo


As práticas de seleção, organização e preservação de objetos considerados de valor informacional conduziram a profissões e a disciplinas científicas próprias, assim chamadas documentárias. O documento é o produto destas práticas e se refere ao objeto inicial sob novo estatuto simbólico. No âmbito da prática bibliográfica – estruturada pela produção de repertórios bibliográficos e catálogos de bibliotecas –, um objeto em especial foi tratado documentariamente: o livro. Considerado objeto emblemático do registro (principalmente escrito) da produção intelectual e artística humana, o livro mantém-se presente e relevante, ultrapassando os discursos de ruptura de mudança tecnológica de todos os tempos. O objetivo deste trabalho é o de discorrer sobre o significado de livro como objeto e como documento, com o fim de subsidiar o pensamento bibiliográfico contemporâneo. Na primeira parte, buscamos responder o que é um livro, caracterizando-o como objeto físico, que é suporte de um texto (escrito ou não), cujos conteúdos são organizados de um determinado modo, em correspondência a uma tipologia de objeto de comunicação. Na segunda parte, exploramos a relação entre livro e documento, apresentando a abordagem do livro como objeto do registro do conhecimento e de comunicação e o conceito de documento, objeto de instância material e simbólica, no sentido de produto da prática documentária. Na terceira parte, apresentamos o papel do livro na constituição da prática bibliográfica, no que tange à produção de instrumentos documentários específicos, em que este objeto exerce papel central, frente a outros tipos de objetos, cujas características são adaptadas a partir daquelas consideradas sobre o livro de cada época. Ao final, discutimos a preponderância do livro como objeto de coleções, produtos e serviços bibliográficos, haja vista seu papel marcante na sociedade, frente a abordagens contingenciais da prática bibliográfica calcadas no objeto livro impresso e à dificuldade de constituição de referenciais teóricos e metodológicos generalizantes, pautados em todo tipo de objeto.


Conheça Cristina Dotta Ortega


Graduação em Biblioteconomia e mestrado e doutorado em Ciência da Informação na Escola de Comunicações e Artes, da Universidade de São Paulo (ECA/USP), e pós-doutorado na Universidade Federal Fluminense (UFF). Experiência profissional em produção e gestão de bases de dados e tesauros orientados a contextos institucionais. Professora Associada na Escola de Ciência da Informação da Universidade Federal de Minas Gerais (ECI/UFMG), atuando no no curso de graduação em Biblioteconomia e no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (orientação em nível de mestrado e doutorado). Coordena o grupo Fundamentos teóricos, metodológicos e históricos da Organização da Informação, da UFMG, registrado no CNPq. Coordena, em parceria, o projeto de extensão a profissionais e professores Jornada de Relatos e Debates da Prática Bibliotecária. É membro da ABECIN - Associação Brasileira de Educação em Ciência da Informação, da ISKO - International Society for Knowledge Organization e da da ANCIB - Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Ciência da Informação, onde é atualmente coordenadora adjunta do GT1 - Estudos Históricos e Epistemológicos da Ciência da Informação. Foi membro pesquisador do Grupo Temma de 2014 a 2017, quando ocorreu sua extinção. Desenvolve pesquisas sobre fundamentos e metodologias da organização da informação sob o aporte dos estudos da linguagem, na perspectiva do conceito de documento como produto das ações de mediação documentária. Em termos histórico-conceituais do campo, adota as perspectivas da Bibliografia, da Biblioteconomia e da Documentação, considerando suas relações e dissensões e, de outro modo, explora os aspectos da organização da informação de abordagem bibliográfica em suas relações com as abordagens museológica e a arquivística. E-mail de contato: ortega@eci.ufmg.br.


VI Seminário Internacional A Arte da Bibliografia - UDESC / UFSC - Florianópolis - 2019

[Programa completo do evento]


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
Siga

© 2013 Ecce Liber: Filosofia, Linguagem e Organização dos Saberes. Desenvolvedor: Diogo Xavier da Mata.

Centro de Estudos Avançados em Ciência da Informação e Inovação (CENACIN - IBICT)

CAPES - CNPq - FAPERJ