Concepção, dimensão e estrutura da Bibliotheca Universalis (1545) gesneriana: glosas bibliográficas

VI Seminário Internacional A Arte da Bibliografia - UDESC / UFSC - Florianópolis - 2019


Concepção, dimensão e estrutura da Bibliotheca Universalis (1545) gesneriana: glosas bibliográficas a partir de sua Epistola Nuncupatoria

Por: Andre Vieira de Freitas Araujo

Resumo

Objetivo: Mapear, apresentar e discutir a concepção, dimensão e estrutura documentária de Bibliotheca Universalis (1545), de Conrad Gesner (1516-1565). Metodologia: Sob o horizonte histórico-bibliográfico, o estudo se desenvolve por meio: 1) da leitura e tradução integral do prefácio de Bibliotheca Universalis (1545), nomeado Epistola Nucunpatoria e que figura entre os fólios 2r e [7r]; 2) do confronto do texto latino (Gesner, 1545) com a literatura acerca do tema, sobretudo com base em Serrai (1990) e Serrai e Sabba (2005). Resultado: Em Epistola Nuncupatoria, Conrad Gesner expõe a concepção, dimensão e estrutura documentária de Bibliotheca Universalis (1545), uma vez que sobreleva: 1) seu alcance e objetivos; 2) seu uso por parte dos leitores; 3) sua abrangência autoral; 4) fontes adotadas para sua composição; 5) perdas e destruições bibliográficas; 6) dinâmicas de produção e circulação de impressos; 7) ordenação de suas fontes; 8) notícias sobre as bibliotecas pesquisadas. O repertório bibliográfico resulta de um longo esforço e dedicação individual, mas Gesner enfatiza que abriu caminho para que outros estudiosos pudessem transmitir os livros para a posteridade – desejo este que consolida-se nos Epitomi de Bibliotheca Universalis. Conclusões: Epistola Nuncupatoria percorre as orientações e as decisões que sustentam a obra bibliográfica gesneriana, compondo uma exposição orgânica de um dispositivo informacional, de normativas eruditas e de instituições sociais, com a intenção de documentar e tornar acessível a memória escrita, seja ela de natureza culta, científica, filosófica, histórica e literária. Palavras-chave: Epistola Nuncupatoria [f. 2r - [7r]]. Bibliotheca Universalis (1545). Bibliografia - História e Teoria. Organização da Conhecimento - Séc. XVI.


Conheça André Araújo


Professor e Coordenador Adjunto do Curso de Biblioteconomia e Gestão de Unidades de Informação da UFRJ. Professor colaborador do PPGCI-ECA-USP. É membro correspondente do Rare Books and Special Collection Section da IFLA. Doutor em Ciência da Informação pela ECA-USP, com período sanduíche na Università di Bologna, Itália. Mestre em História Social pela FFLCH-USP. Bacharel em Biblioteconomia e Documentação pela FFC-UNESP. Como bibliotecário, desenvolveu trabalhos em instituições e projetos diversos, ligados à organização, preservação e mediação de documentos históricos. É um dos idealizadores e organizadores do Seminário Internacional Itinerante A Arte da Bibliografia. Atua nas áreas de Bibliografia (História e Teoria), Método Bibliográfico Gesneriano, Organização do Conhecimento (Aspectos Históricos e Epistemológicos), História Social da Informação e do Conhecimento, Patrimônio Bibliográfico, Políticas de Preservação Documental, Bibliotecas e Arquivos Beneditinos.


VI Seminário Internacional A Arte da Bibliografia - UDESC / UFSC - Florianópolis - 2019

[Programa completo do evento]

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
Siga

© 2013 Ecce Liber: Filosofia, Linguagem e Organização dos Saberes. Desenvolvedor: Diogo Xavier da Mata.

Centro de Estudos Avançados em Ciência da Informação e Inovação (CENACIN - IBICT)

CAPES - CNPq - FAPERJ