OFLClipping - Semanário Teleológico

Destaque da semana


Justiça Federal do Rio proíbe Sérgio Camargo de doar livros da Fundação Palmares

O juiz federal Erik Navarro Wolkart, da 2ª Vara Federal de São Gonçalo, proibiu que Sérgio Camargo, presidente da Fundação Palmares, exclua e doe livros do catálogo da instituição. Na esteira discursiva do governo Bolsonaro, o presidente da instituição vinha anunciando que repassaria adiante 5,3 mil obras “ideológicas” e “marxistas”. A decisão liminar foi tomada em uma ação popular movida pelo advogado Paulo Henrique Lima, integrante do movimento negro e de um coletivo da Universidade Federal Fluminense. Na decisão, fica estabelecido que Camargo terá que pagar R$ 500 por cada item doado em descumprimento à decisão, da qual ele pode recorrer.

O Globo – 23.06.2021

Ásia


In a muffled Hong Kong, bookstores offer freedom of thought

Em Hong Kong, algumas livrarias independentes abrem suas portas para se conectarem com leitores e estabelecer sua atuação como espaços comunitários em meio aos conflitos políticos que ocorrem na região. Para alguns livreirxs, os movimentos sociais que acometem Hong Kong desde 2019 transformaram a maneira que as pessoas leem e valorizam os livros. Muitas pessoas correram para as livrarias em busca de documentações dos protestos antigovernamentais de 2019, motivadas pelo medo de que esses registros pudessem, um dia, desaparecer. Outrxs leitorxs, em contrapartida, foram às livrarias em busca de um sentimento de conexão. Um dos livreiros afirma querer trazer à tona, via leitura, as possibilidades de transformação, sendo os livros instrumentos poderosos em resposta à realidade social.

The New York Times – 20.06.2021


África


Translate just one word and ignite a child's love for reading with Cadbury Dairy Milk

“O amor pela leitura é despertado quando as crianças se veem nas histórias lidas e as relacionam com suas vidas, ainda mais quando estas são compartilhadas em sua língua materna”, diz Xolisa Guzula, especialista em literatura. Contudo, na África do Sul, poucos são os livros disponíveis para as crianças nas línguas africanas, conforme pesquisas realizadas pela Publishers Association SA em 2016. Por isso, o projeto Cadbury Dairy Milk busca mudar esse cenário e ajudar na promoção à leitura através da criação de uma biblioteca para incentivar crianças a ler a partir de histórias em suas línguas maternas. Baseada no espírito social de colaboração, o projeto pede para que todxs xs sul-africanxs generosamente traduzam apenas uma palavra para ajudar na criação da biblioteca de histórias infantis em línguas africanas. O objetivo central da Cadbury Dairy Milk é traduzir 1500 histórias infantis até 2023. Para saber mais, clique aqui.

IOL - 15.06.2021


América Central


Lit Fest takes aim at book design

A designer e escritora Melanie Archier, cujo trabalho celebra a arte caribenha, realizará uma oficina, no dia 26 de junho, no NGC Bocas Lit Fest, sobre “Como fazer seu livro parecer bom”, em tradução livre. O festival literário que ocorre anualmente em Trinidad e Tobago desde 2011 destaca as formas em que a arte, o design e a escrita podem se entrecruzar. A organização do evento afirma que as oficinas de escrita criativa colocam participantes em contato com inúmeros elementos que perpassam os processos de publicação, linguagem e escrita, sendo esta a base do festival literário. Para mais informações sobre o Bocas Lit Fest, acesse aqui.

Trinidad and Tobago Newsday – 24.06.2021


América do Sul


Comenzó feria del libro presencial de Magdalena

As feiras de livro presenciais começam a ressurgir no Peru. Desde o dia 22 de junho até 4 de julho, acontece a I Feria del Libro Augusto Tamao Vargas, em Magdalena del Mar, em Lima. A feira seguirá todos os protocolos de segurança, em razão da pandemia de Covid-19, sendo grande parte de suas atividades virtuais. O país convidado de honra desta edição é o Equador. A feira recebeu o nome do escritor e crítico literário Augusto Tamayo Vargas, que já foi decano da Universidad Mayor de San Marcos, diretor da Academia Peruana de la Lengua e do Instituto Nacional de Cultura. O interessante deste evento, segundo a organização, é que trata-se de um mergulho no percurso literário de escritorxs e poetas que viveram em Magdalena, dando nome ao programa Marbella, geografia literária. Saiba mais sobre a feira aqui.

La República – 23.06.2021


Europa


El proyecto ‘Los libros a las fábricas’ y la revista ‘Litoral’, ganadores del Premio Nacional al Fomento de la Lectura 2021

Los libros a las fábricas, da Fundación Anastasio de Gracia, foi um dos projetos ganhadores do Premio Nacional al Fomento de la Lectura, concedido pelo Ministério da Cultura e do Esporte na Espanha. O júri foi presidido por María José Gálvez Salvador, diretora do Libro y el Fomento de la Lectura, organização governamental voltada para a proteção e incentivo à criação literária e à leitura em todos os gêneros e línguas oficiais do Estado, bem como para o desenvolvimento das bibliotecas espanholas e o acesso igualitário aos serviços públicos bibliotecários. O projeto teve a participação de mais de 7 mil trabalhadorxs, cujo objetivo está na promoção do hábito de leitura no contexto laboral, incentivando trabalhadorxs a desenvolver suas próprias experiências individuais de leitura. José María Uría, coordenador do Los libros a las fábricas, comenta que a iniciativa só foi possível graças à colaboração de todas as organizações sindicais que fizeram com que o projeto chegasse às empresas, bem como às próprias empresas que aderiram à promoção da leitura.

El Pais – 24.06.2021


Oceania


‘Most of Australia’s literary heritage is out of print’: the fight to rescue a nation’s lost books

Atualmente, dos 62 livros que ganharam o prêmio literário Miles Franklin, na Austrália, entre 1957 e 2019, 23 não estão disponíveis no formato e-book, 40 como áudiolivros e 10 não estão disponíveis em lugar algum, independentemente do formato. Encontram-se todos esgotados. Por essa razão, autorxs, bibliotecas e pesquisadorxs desenvolveram colaborativamente o Untapped: The Australian Literary Heritage Project, projeto liderado pela Professora da University of Melbourne Rebecca Giblin e voltado para a preservação do patrimônio literário australiano. Um dos principais objetivos do projeto é digitalizar 200 livros concebidos como os mais importantes da trajetória literária da Austrália, de modo a preservá-los para as gerações futuras e disponibilizá-los via rede nacional de bibliotecas.

The Guardian – 23.06.2021


Além do OFLClipping…


Indicação de:


Conferência de Michèle Petit: "Las bibliotecas, fragmentos de utopía"

III Jornadas Iberoamericanas de Bibliotecas Escolares y Públicas 2021

Quando: 30/06 | 9h30-10h15

Para informações sobre inscrições e transmissão, clique aqui.

O evento terá a tradução ao português.


Posts Em Destaque
Posts Recentes