Uma leitura aristotélica da categoria Personalidade na Teoria da Classificação de Ranganathan


Para os estudiosos da Organização do Conhecimento, a mestranda Stella Mello, do PPGCI IBICT UFRJ, e integrante do Ecce Liber, está investigando a aplicação do conceito Personalidade de Ranganathan na teoria da classificação considerando a herança categorial aristotélica e o conceito de informação no tratamento temático da informação (TTI), à luz da corrente pragmática dos estudos informacionais.


O objeto de estudo é o conceito de inefabilidade da Personalidade nas obras Prolegomena to Library Classification, Philosophy of Library Classification e Colon Classification (CC). O objetivo é o exame das relações entre as categorias Personalidade e substância sob o olhar do conceito informação nas correntes do TTI e na virada pragmática da informação. A hipótese é: na teoria da classificação, a privação da forma (informis) e do sentido do conceito Personalidade Hindu de Ranganathan é um marco histórico que provoca a apropriação do conceito de substância aristotélica, do significado ontológico do conceito de informação e dos processos de TTI na LIS, mantendo um significado análogo com estes conceitos sob o viés da corrente pragmática da informação.


Os métodos utilizados são a análise documental e a biblioteconomia comparada. Os resultados objetivam relacionar o conceito de inefabilidade da Personalidade de Ranganathan entre a OC e a FI aplicado: a) ao esquema de classificação para as ações de Transferência da Informação nos processos de recuperação e tratamento da Informação na CI; b) à “pragmática transcendental” dos jogos e usos para a produção de sentido na Filosofia da CC em Menezes e Saldanha; c) à dualidade ontológica da forma (μoρφή ou εἷδος), do substrato (ὕλη ou ὑπoκείμενoν), da conexão entre ousia e ente (οὐσία e ὄν) e da dupla direção de informatio em informo e informis em Menezes e Capurro para a discussão dos significados ontológicos, epistemológicos e pedagógicos do conceito de informação apropriados por Ranganathan em sua teoria do conhecimento (kartru-tantra e vastu-tantra).


Para saber mais sobre o desenvolvimento da pesquisa, acompanhe o blog e o Instagram do Ecce Liber!

Posts Em Destaque
Posts Recentes